Poema del día: Casamento. Autora Adélia Prado. Traducción al español Aline Fagundes

  Casamento Casamiento Há mulheres que dizem: Hay mujeres que dicen: Meu marido, se quiser pescar, pesque, Mi marido, si quiere pescar, que pesque, mas que limpe os peixes. pero que limpie luego los peces. Eu não. A qualquer hora da noite me levanto, Yo no. Me despierto a la hora que sea, ajudo a … Sigue leyendo Poema del día: Casamento. Autora Adélia Prado. Traducción al español Aline Fagundes

Poesia Inédita: “Deixe-me”. Autora Aline R. Fagundes

Deixe-me distinguir a pureza brilhando nas andantes veias do seu coração faminto.   Não açoitemos as virgens intenções, colorindo a boca com canções cuja letra instaura medo.   Atente a voz dos meus olhos que riem acima dos lábios, ouça o seu grito insonoro   Talvez os meus desejos mais íntimos sejam os seus, em um marco … Sigue leyendo Poesia Inédita: “Deixe-me”. Autora Aline R. Fagundes

Canción del día: “Mundo é um moinho”. Artista Cartola. Traducción al español Aline R. Fagundes

Português Angenor de Oliveira, mais conhecido como Cartola, (Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1908 — Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1980) foi um cantor, compositor, poeta e violonista brasileiro. Tem como maiores sucessos, as músicas As Rosas Não Falam e O Mundo É um Moinho. Espanol Angenor de Oliveira, más conocido … Sigue leyendo Canción del día: “Mundo é um moinho”. Artista Cartola. Traducción al español Aline R. Fagundes